Receita Caseira: Cirurgia de Varizes: cirurgia com laser, cirurgia tradicional e microcirurgia (Parte 3)

Posted on

Procurar ficar um pouco mais em repouso nos 2 primeiros dias após a cirurgia: deitado ou sentado com apoio sob as pernas.

Retirá-las após 3 dias da cirurgia e após usar meia elástica. Primeira revisão pós operatória: Você retornará ao consultório para retirar os curativos e os pontos 5 ou 7 dias após a cirurgia. e) Fazer contato telefônico com o cirurgião ou procurar o Hospital onde a cirurgia foi realizada em caso de febre, áreas avermelhadas ou inchaços exagerados. Após a cirurgia é necessário uma dieta especial por 30 dias. Embora a cirurgia seja considerada muito segura, nenhum procedimento cirúrgico é totalmente isento de riscos. Seguir as recomendações do seu médico antes e depois da cirurgia é fundamental para um excelente processo de recuperação. Por isso, muitos cirurgiões aconselham evitar atividades de alto impacto, como corridas, trotes, saltos ou outros esportes de alto impacto pelo resto da vida após a cirurgia. Infecções maiores ou profundas podem demandar outra cirurgia e a remoção da prótese. A formação de coágulos sanguíneos nas veias da perna ou da pelve são uma das complicações mais comuns da cirurgia de artroplastia de joelho.

Se algum médico indicou uma cirurgia de varizes para você, não se assuste, é muito mais simples do que você imagina!

Embora sejam raras, podem ocorrer lesões nos nervos ou vasos sanguíneos em torno do joelho durante a cirurgia.

Pergunta #1: Como é a cirurgia de varizes? Mas enfim, cirurgia quase sempre significa remoção de uma ou mais veias. Entretanto, muitas vezes a cirurgia de varizes não é suficientemente satisfatória só com as flebectomias feitas com as agulhas de crochê. Essas modalidades de tratamento proporcionam uma cirurgia muito menos agressiva e consequentemente a recuperação pós-operatória mais rápida e menos dolorosa. Portanto, se alguém perguntar, agora você já sabe como é a cirurgia de varizes. Antigamente, digo há mais de trinta anos atrás, as incisões para a cirurgia eram muito maiores e assim a agressão cirúrgica também. Com o refinamento da técnica cirúrgica e a modernização do tratamento, hoje é possível fazer uma cirurgia muito mais delicada e, em muitos casos, praticamente sem dor. Como você viu na descrição acima, muitas vezes incisões de apenas 1mm podem ser suficientes para uma boa cirurgia. veja a seção “Depoimentos” “Quem determina o repouso é o paciente!” Pergunta #3: Onde é feita a cirurgia?

Cirurgia de varizes a laser e cirurgia da safena a laser.

Não me lembro há quanto tempo tive um paciente que ficou internado até o dia seguinte da cirurgia.

A não ser que alguém queira… Pergunta #4: Qual a anestesia para cirurgia? Primeiro, o paciente recebe alta muito precocemente, ou seja, após cerca de duas horas depois do término da cirurgia. Pergunta #5: Como é o pós-operatório da cirurgia de varizes? Pergunta #6: É preciso usar meias elásticas após cirurgia de varizes? E já ouvi muitos comentários tipo “…tem que usar meias elásticas…” depois de uma cirurgia de varizes. Portanto o resultado da cirurgia depende do uso da meia. Pergunta #7: Qual a melhor época para a cirurgia de varizes? “Se você quer as pernas em ordem para a próxima estação, seu tratamento deve ser agora…” Pergunta #8: As varizes podem voltar? Após a remoção de varizes por cirurgia, veias que são retiradas não voltam mais.

Cirurgia de Varizes: cirurgia com laser, cirurgia tradicional e microcirurgia

Assim, quanto mais cedo as varizes forem removidas, melhor o resultado estético e menores as complicações futuras.

Mesmo que seja necessária uma nova intervenção tempos depois, essa segunda cirurgia geralmente é menor. Com este artigo tentei responder à perguntas daqueles pacientes para quem indiquei cirurgia. Após a cirurgia de varizes orientamos alguns cuidados para melhor evolução. Com a evolução dessa cirurgia, aqueles cuidados com repouso excessivo, atualmente não fazem mais sentido. Nesse período de 48 horas após a cirurgia, o repouso deve ser realizado mantendo os membros elevados acima do coração. Após o quinto dia após a cirurgia. São programados pelo menos dois retornos após a cirurgia – com 7-9 dias e depois de 30 dias. Após 72 horas da cirurgia Resposta : Não , a meia elástica deve ser prescrita pelo seu médico, de preferência com um receituário especializado que é fornecido pelos fabricantes de meias elásticas.

Resposta : A meia elástica pelo fato de exercer compressão em toda sua extensão, quando nas primeiras vezes do seu uso o paciente tem muita dificuldade.

Tempo de leitura: 2 minutos A cirurgia de varizes dos membros inferiores é realizada em ambiente hospitalar e a anestesia varia de acordo com a cirurgia que será praticada. Na maioria das cirurgias onde não é necessária intervenção na safena, em muitos casos é possível fazer a cirurgia com anestesia local e uma leve sedação. Esta técnica permite uma pronta recuperação e alta hospitalar rapidamente após o término da cirurgia. O retorno ao consultório geralmente é feito em 7 a 10 dias após a cirurgia. Hematomas são esperados, porém com as técnicas modernas e delicadeza na cirurgia, estes hematomas são bem menores que pelas técnicas convencionais. Depois da cirurgia, os sintomas como cansaço, dor e peso devem Após a cirurgia, sua perna será enfaixada para comprimir a área operada e diminuir o hematoma pós-operatório. Devido à cirurgia de varizes, o local operado ficará arroxeado (hematoma), inchado (edema local) e dolorido. Mesmo após a cirurgia, poderão restar alguns ramos de varizes residuais, que poderão ser retiradas ou com uma pequena cirurgia complementar ou com um tratamento de Escleroterapia. O repouso pode variar de 2 a 15 dias, dependendo do porte da Cirurgia, sendo que o mais comum são 3 dias (Sex, Sáb e Dom). Após a cirurgia de varizes, são necessários alguns cuidados especiais, para que se obtenha um bom resultado da cirurgia. Após os cinco dias do pós-operatório da cirurgia os calços podem ser retirados. É importante, que o paciente submetido à cirurgia de varizes, mantenha-se em movimento enquanto estiver de pé e nunca fique parado. Cinco dias após a cirurgia de varizes, se o paciente tiver esparadrapos nas pernas, estes poderão ser retirados. Uma pesquisa recente realizada na Universidade de São Paulo – Ribeirão Preto concluiu que a cirurgia traz melhora na qualidade de vida das pessoas que têm . Os pesquisadores avaliaram pacientes antes e após a cirurgia de varizes. Depois, fizeram uma nova avaliação cinco anos após a cirurgia. Além dos exames para verificar a circulação, como ultrassom dúplex, foi realizada uma entrevista com objetivo de avaliar a qualidade de vida das pessoas, tanto antes quanto após a cirurgia. A cirurgia de varizes trouxe uma melhora na qualidade de vida em todos os aspectos estudados. Este resultado se manteve cinco anos após a cirurgia. Além disso, os exames que avaliaram a circulação também mostraram resultados melhores um mês após e cinco anos após a cirurgia. Já as varizes, quando progridem muito, podem provocar úlceras na perna (atrofia a pele da perna), feridas enormes e provocar trombose. Pode-se usar a cauterização com cateter de radiofreqüência, laser ou a cirurgia de retirada da veia. As veias que mais causam problemas são as safenas (temos duas em cada perna), mas as varizes podem ocorrer em outras veias superficiais.