Tratamento de Varizes pela Técnica de Espuma (Escleroterapia com Espuma)

Posted on

Uma técnica mais eficiente no tratamento de varizes está sendo testada em quatro hospitais públicos do Rio de Janeiro.

A técnica da escleroterapia usa uma injeção com medicamento em forma de espuma que seca os vasos com má circulação do sangue. Médicos treinados pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro estão usando esta técnica no tratamento de pacientes de quatro hospitais públicos. Com o refinamento da técnica cirúrgica e a modernização do tratamento, hoje é possível fazer uma cirurgia muito mais delicada e, em muitos casos, praticamente sem dor. Hoje, até em cirurgias envolvendo a retirada da safena ou tratamento com laser ou radiofrequência utilizo esta anestesia. Edição na Íntegra RJTV Primeira Edição - Edição de terça-feira, 30/05/2017 O tratamento para varizes grossas pode ser feito com o laser, escleroterapia ecoguiada com espuma densa ou cirurgia. Indivíduos idosos, com muitas varizes grossas, que desejam livrar-se delas rapidamente, podem recorrer a uma cirurgia para a sua retirada. Considerada uma técnica inovadora para o tratamento de varizes, a escleroterapia ecoguiada com espuma não precisa de internação, exige menor tempo de tratamento e promove rápida recuperação. A técnica consiste em aplicar uma substância esclerosante chamada Poidocanol, em forma de espuma, diretamente nas varizes, até que estas desapareçam. Nas varizes de maior calibre, este tratamento pode não dar o melhor resultado, mas é capaz de diminuir o seu tamanho, sendo necessária mais de 1 aplicação na mesma variz.

O tratamento das varizes com espuma é uma opção à realização de cirurgia, o uso de esclerosantes em forma de espuma tem se popularizado nos últimos anos.

  • Preço: cerca de 1000 reais, podendo variar de acordo com o médico e clínica selecionados.

A técnica consiste em injetar a espuma nos pequenos vasos e agora também nas varizes de maior calibre, as quais antigamente só poderiam ser tratadas com cirurgia.

No entanto, ele ressalta que esta técnica tem indicação precisa, não sendo utilizada em todos os tipos de varizes, por isso a necessidade de avaliação prévia por um profissional habilitado. as atividades esportivas 7 a 20 dias Restrições Sol por 30 dias A técnica de Cirrugia de Varizes com o LASER Endovenoso é indicada Por ser minimamente invasiva, essa técnica permite a volta ao trabalho, em média, de 02 a 03 dias após o procedimento, ao contrário dos 30 dias de uma cirurgia convencional. No Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS) uma nova técnica vem sendo utilizada para acabar com esses incômodos. Casos Cristiane Vilaça enfatiza que a aplicação com espuma pode ser feita em praticamente todos os casos de varizes, mas que é mais aconselhável para situações graves. Unidade de Comunicação do HU Técnica utiliza espuma para combater varizes (Foto Tayná Borges). Uma nova técnica de combate às varizes dos níveis 2 ao 6 começou a ser oferecida pelo Hospital de Base de Itabuna, a escleroterapia com espuma. A técnica de espuma ecoguiada é indolor e promete acabar com as varizes. De acordo com Guilherme Pitta, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, qualquer pessoa pode ter varizes, mas elas aparecem três vezes mais em mulheres.

Tratamento de Varizes pela Técnica de Espuma (Escleroterapia com Espuma)

  • Preço: normalmente o valor é de 250 reais por sessão, mas podem ser necessárias até 10 sessões, dependendo da quantidade de varizes.

Mas, para gáudio de quem sofre desta patologia, os tratamentos para combater varizes da Cirurgia Vascularsão totalmente diferentes de tudo o que até agora conheceu.

Esta técnica permite a possibilidade de tratamento com anestesia local com sedação leve em muitos casos, sem necessidade de internação prolongada ou anestesias mais complexas. Menos invasiva, a técnica CLaCS combina laser, injeções de glicose e jatos de ar gelado sobre a pele e evita a cirurgia em 86% dos casos. A cirurgia laser é indicada para tratar vasinhos ou varizes pequenas, e é feita com a luz de um laser aplicada diretamente sobre o vaso da variz. Esta operação também é conhecida como cirurgia tradicional e é utilizada no caso de varizes mais profundas ou grandes. Considerada uma técnica inovadora para o tratamento de varizes, a escleroterapia ecoguiada com espuma não precisa de internação, exige menor tempo de tratamento e tem recuperação rápida. 70 mil cirurgias Além da nova técnica, as pessoas que sofrem com varizes tem à disposição no SUS tratamento cirúrgico, atendimento fisioterapêutico e fasciotomia para descompressão. É um tratamento inovador que permite tratar sem cirurgia o problema das varizes. O uso dos esclerosantes em forma de espuma tem se popularizado nos último anos como tratamento para as varizes e vasinhos. O tratamento com espuma de polidocanol está indicado principalmente para as varizes e veias reticulares.

  • Polidocanol 0,5-2%
  • Glicerina cromada,
  • Glicose 75%,
  • Espuma,
  • Etc

Porém, a efetividade do tratamento para varizes com espuma não é tão boa quanto à cirurgia, seja a cirurgia tradicional ou os métodos mais recentes como laser e radiofrequência.

Além disso, o tratamento das varizes com espuma pode levar a complicações como , embolia pulmonar, flebites, manchas escuras na pele e feridas. Além disso, existem diferentes tipos de cirurgia para retirar varizes, sendo que nenhuma garante um resultado 100%. Os principais sintomas que levam as pessoas a optar pela cirurgia para retirada de varizes são dor, inchaço, sensação de peso e cansaço. A escleroterapia com espuma, uma nova técnica eficaz e bem mais simples que a cirurgia, promete acabar com o desconforto de uma forma menos agressiva. Quando a cirurgia envolve a retirada de apenas algumas veias colaterais e as safenas não precisam ser retiradas, a anestesia pode ser local. Vou detalhar a técnica de retirada da veia safena interna, por ser mais comum. O curativo da cirurgia de varizes é feito com pequenos pedaços de fita adesiva que fecham os orifícios de retirada das veias colaterais. Técnica não cirúrgica para o tratamento de varizes. Os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) já podem contar com técnicas menos invasivas e mais modernas para o tratamento de varizes e cirurgia bariátrica.

Já as pessoas com obesidade mórbida contarão com a técnica gastroplastia videolaparoscópica, opção mais utilizada no mundo para a realização da cirurgia bariátrica que promove a perda de peso.

Além da nova técnica, as pessoas que sofrem com varizes tem à disposição no SUS tratamento cirúrgico, atendimento fisioterapêutico e fasciotomia para descompressão. O certo é que a técnica veio para diminuir as filas nos hospitais públicos, de pessoas que esperam uma vaga para fazer se submeter à operação. “Por isso que não divulgávamos tanto essa técnica para tratar as varizes. O objectivo principal na cirurgia de varizes é tratar primeiro a causa das varizes, na maioria dos casos incompetência das veias safenas. Cada técnica possui vantagens e desvantagens, e elas devem ser explicadas pelo o seu cirurgião vascular durante o tratamento das suas veias. O combate às varizes ganhou uma nova aliada, a técnica ClaCs (Cryolaser e Cryo escleroterapia), que combina laser, escleroterapia e jatos de ar gelado na pele. - A espuma foi pensada para tratar varizes maiores, de médio calibre, entre 2mm e 4mm, porque atua por mais tempo e seca melhor os vasos. O cirurgião vascular considera que o EVL demonstrou ser uma técnica extremamente segura e eficaz para o tratamento de pacientes com varizes e úlcera. O tratamento cirúrgico convencional consiste na retirada das varizes e das veias safenas, através de pequenos cortes, por uma técnica de arrancamento.

Esse modelo de tratamento consiste em aplicar nas varizes um remédio em forma de espuma, dentro da veia ele provoca um processo inflamatório que acaba por entupir as varizes.

O Dr Cristiano Teixeira Barbosa Pinto, há dois anos realiza a técnica e a mais de cinco anos acompanha a evolução desse método de tratamento. Há alguns meses atrás essa técnica foi divulgada em uma reportagem no Fantástico, definida como algo promissor e a solução para as grandes filas de varizes, esta longe disso. Escrito por Redação Redação Minha Vida Em 15/2/2017 O Ministério da Saúde anunciou que o SUS passará a ter disponível uma nova técnica para o tratamento de varizes. NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;) NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;) Essa técnica é considerada inovadora para o tratamento de varizes. Trata-se de uma técnica de consultório, barata, que permite o tratamento de varizes que, de outro modo, só teriam uma opção cirúrgica. Apesar destas novas técnicas, até ao momento não foi referido nenhum estudo que, de forma definitiva, afaste a técnica clássica do armentário do cirurgião no tratamento das varizes. Cirurgia para tratamento de varizes com técnica “agulha de crochê” são indicadas de acordo com a extensão das varizes. Nesta cirurgia, o médico faz pequenas incisões e remove os vasos “pescando” as veias com a “técnica agulha de crochê”. Últimamente tem-se falado muito da espuma como tratamento das varizes e vasinhos. O laser endovenoso tem sido usado especialmente para tratamento de veias safenas defeituosas, podendo também tratar varizes de maior calibre. Sistema Único de Saúde (SUS) passará a oferecer cirurgia bariátrica por videolaparoscopia, técnica menos invasiva em comparação à cirurgia aberta. “Ao contrário da cirurgia, os pacientes que tratam as varizes com o método espuma não se afastam de suas atividades.