VARIZES: Saiba o que é, Quais são as causas, Sintomas, Prevenção e Tratamento. (Parte 2)

Posted on

Isso aumenta a pressão nas veias das pernas e leva ao aparecimento das varizes.

Pessoas de pele muito clara ou muito magras podem ter veias mais visíveis e salientes, o que não quer dizer que tenham varizes. A perna de um maratonista, por exemplo, tem veias calibrosas que podem ser vistas porque ele praticamente não tem gordura nas pernas. As Veias profundas conduzem o sangue a veia cava inferior que é a maior veia de seu corpo e que faz o retorno do sangue venoso ao seu coração. No entanto, quando por diferentes motivos o sangue não consegue subir, e se acumula nas veias das pernas e pés, as veias ficam dilatadas e aparecem as varizes. Este procedimento vai tratar as veias aparentes e suas causas. Varizes são tortuosidades e dilatações que ocorrem nas veias das pernas e coxas e que não desaparecem espontaneamente. Essa remoção das veias, naturalmente é feitas através de pequenas incisões (cortes), que geralmente variam de 1 a 3mm de extensão, dependendo do diâmetro da veia. Após a remoção de varizes por cirurgia, veias que são retiradas não voltam mais. Entenda mais sobre as causas e sintomas das varizes no útero.

Saiba mais sobre as varizes. Como surgem, causas principais, sintomas e como evitar. Medicamentos e até cirurgias são os tratamentos mais indicados.

  • Idade: O risco de varizes aumenta com a idade. Provoca desgaste nas válvulas em suas veias que ajudam a regular o fluxo sanguíneo.

No caso das varizes pélvicas, todo cuidado é pouco, uma vez que as veias na região da pelve têm como função conduzir o sangue ao coração¹.

O que causa as varizes?Para que o sangue possa voltar ao coração, as veias possuem válvulas venosas que impedem o seu refluxo. Caso essas pequenas válvulas falhem, o sangue reflui e causa a dilatação das veias devido ao aumento do volume sanguíneo. As causas mais comuns de dor na batata da perna são: A má circulação afeta principalmente pessoas sedentárias e com mais idade, que não praticam atividade física. Esses sintomas de dor e cansaço geralmente são mais intensos se houver comprometimento das safenas, veias importantes nos membros inferiores e frequentemente são acometidas por varizes. Isso, via de regra, é pior naquelas pessoas que apresentam mais varizes e naquelas pessoas com veias mais calibrosas. Este texto abordará as varizes nas pernas (varizes dos membros inferiores), dando ênfase às causas, sintomas, prevenção e tratamento. Para que possamos entender o que causa as varizes e quais suas potenciais complicações, é preciso entender como funcionam as veias. Nosso sangue é transportado por dois tipos de vasos: artérias e veias. Este é o mecanismo básico das varizes, veias doentes que tornam-se dilatadas e tortuosas por incapacidade de escoar o sangue em direção ao coração.

O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes, desde o tratamento de vasinhos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena.

  • Preço: é de aproximadamente 300 reais por sessão de tratamento, sendo que podem ser necessárias várias sessões para eliminar todas as varizes das pernas.

Como já explicado, as varizes surgem quando ocorre um represamento do sangue nas veias, em geral, por incompetência das válvulas venosas.

Quando já há edema, podem haver outros sintomas como peso nas pernas, câimbras noturnas (leia: CÂIMBRAS | Causas e tratamento), sensação de queimação, comichão e dor no trajeto das varizes. As varizes consistem em veias profundas ou superficiais, que se tornam deformadas e dilatadas nas pernas após o acúmulo de irrigação sanguínea na região. Juliana Puggina Cirurgia Vascular e Endovascular CRM-SP 134.963 As varizes, apesar de serem mais comuns nas pernas, também podem acometer as veias da região pélvica. O refluxo nas veias da região pélvica podem, inclusive, ser causa de reaparecimento de varizes nas pernas daquelas mulheres que já realizaram cirurgia para varizes. Esse sangue acumulado procura outros caminhos para chegar de volta ao coração, passando pela veias pélvicas e atingindo a veia ilíaca do lado direito, assim seguindo seu caminho. Além dessas duas síndromes, a obstrução das veias ilíacas e veia cava inferior por um quadro de trombose venosa profunda também podem levar ao aparecimento de varizes pélvicas. O tratamento cirúrgico é indicado para tratar as varizes (veias doentes, tortuosas, alongadas e elevadas) e não para tratar os vasinhos. As varizes ou veias varicosas são dilatações que não permitem o retorno do sangue para o coração e que afetam principalmente os membros inferiores. Na cirurgia para varizes pélvicas, o médico faz um “nó” nas veias afetadas, fazendo com que o sangue circule apenas nas veias que estão saudáveis.

Causas das veias varicosas nas pernas

  • As veias ficam com a cor roxa ou de cor azul
  • As veias parecem torcidas e salientes muitas vezes como cordas em suas pernas

Durante o tratamento para varizes pélvicas, o paciente deve ter alguns cuidados como: Estes cuidados ajudam na compressão das veias e no retorno do sangue para o coração.

As VARIZES, são dilatações das veias, que fazem com que estas percam a sua capacidade de enviar o sangue até ao coração, de forma adequada. O aparecimento de uma variz, pode originar novas varizes, porque a pressão dentro da veia vai-se transmitindo às outras veias adjacentes. Estas veias visíveis são chamadas de varizes e são mais comuns nas pernas e coxas, mas podem se desenvolver em qualquer parte do corpo. As varizes e as veias de aranha podem ocorrer em homens ou mulheres de qualquer idade, mas geralmente afetam mulheres em idade fértil e pessoas idosas. Algumas estimativas sugerem que cerca de 10% a 15% dos homens e a maioria das mulheres mais velhas que têm varizes ou veias de aranha. Em alguns casos, a ausência ou fraqueza das válvulas nas veias pode causar uma circulação venosa fraca (fluxo sanguíneo nas veias) e levar a varizes. As paredes dos vasos sanguíneos podem tornar-se mais fracas e menos competentes do que o normal, fazendo com que o volume de sangue nas veias aumente, levando a varizes. Menos comumente, as varizes são causadas por doenças como: A doença venosa (doença das veias) é geralmente progressiva e pode não ser prevenida inteiramente. Milhares de pessoas todos os anos consideram receber tratamento para varizes e veias de aranha.

As causas óbvias das dores nas pernas são as causas mecânicas, talvez adquiridas após um acidente ou após esportes.

Vou detalhar a técnica de retirada da veia safena interna, por ser mais comum.

Quando você fica parado por muito tempo, é mais difícil para suas veias bombear sangue eficientemente de volta ao seu coração e combater os efeitos da gravidade. As varizes são veias dilatadas que têm a função comprometida pelo retorno inadequado do sangue ao coração. Se você não pode ou não quer operar ainda dá para fechar a veia safena e as veias colaterais através da injeção de espuma de polidocanol. Varizes são veias dilatadas e tortuosas, mais comuns nos membros inferiores. Varizes são veias superficiais dilatadas e tortuosas que perderam sua principal função de retorno venoso do sangue dos membros inferiores em direção ao coração. Isso pode fazer com que o sangue se acumule nas pernas, resultando em veias dilatadas ou varizes. Assim que a veia doente é fechada, o sangue irá desviar-se para outras veias saudáveis. Qualquer veia pode dilatar, mas, geralmente, as varizes afetam as pernas e os pés. Carolina Dutra Queiroz Flumignan, cirurgiã vascular da Clínica MedPrimus São Paulo, ressalta que as veias superficiais das pernas quando estão dilatadas, alongadas e tortuosas são chamadas de varizes.

Fonte de flavonoides (substâncias anti-inflamatórias), as folhas de videira agem na parede interna das veias, podendo ser aliadas no tratamento das varizes.

As varizes são veias dilatadas e tortuosas, normalmente nas pernas, com sangue acumulado de maneira irregular. As veias ficam dilatadas porque as válvulas que levam o sangue ao coração não funcionam corretamente, retendo e acumulando sangue, e causando consequentemente o alargamento da veia. Nos braços, por exemplo, que estão mais próximos do coração, as veias não se desgastam tanto, e por isso é raro aparecerem varizes. No entanto, as veias mais vulneráveis a varizes são as das pernas e dos pés, pois andar e ficar em pé podem forçar as veias do parte inferior do corpo. As causas podem ser: Existem vários tipos de tratamentos. Como resultado, a circulação sanguínea volta às veias e se acumula nos tecidos nas pernas, causando dor, inchaço (edema), peso, cansaço, vasos com aspecto de teias de aranha e varizes. O aumento de líquidos nos tecidos das pernas causa o desconforto e, ao longo do tempo, pode ainda danificar as veias, agravando os sintomas. Em estágios mais avançados, as varizes internas podem trazer complicações bastante inconvenientes. Deitar-se com as pernas levantadas em um nível acima do coração por 30 minutos, três ou quatro vezes por dia, também é importante para tratar as varizes internas. Para diminuir a quantidade de vasinhos nas pernas é muito importante facilitar a passagem do sangue nas veias, impedindo que dilatem e formem varizes. Nestes casos, se a presença das veias não causa nenhum incômodo do ponto de vista estético, o tratamento geralmente não é necessário. Segundo o ginecologista José Bento, alterações hormonais também podem aumentar o risco de varizes e inchaço nas pernas e, por isso, esses problemas são mais comuns nas mulheres. Varizes – referem-se às veias dilatadas que podem ver-se facilmente sob a pele, sob a forma de cordões vasculares em relevo mais ou menos intenso. Para além das varizes «externas», podem ainda surgir aquelas que, tendo as mesmas características, permanecem a um nível mais profundo, as varizes «internas». Varizes são veias dilatadas e deformadas, de coloração púrpuro-azulada, que surgem ao longo das pernas e podem causar dor e inchaço. Nos casos de varizes superficiais, é possível injetar drogas para necrosar as veias a fim de que não mais conduzam sangue. Esse procedimento requer normalmente duas ou três aplicações, mas não é indicado para o tratamento de varizes maiores nem para aquelas localizadas em veias profundas. A cirurgia a laser também é usada como tratamento das varizes e tem como objetivo a remoção da maior quantidade possível de veias varicosas.